Educação

Com base nas diretrizes e orientações da Unesco que defende o direito de toda menina e menino, e de todo homem e mulher jovem e adulto, a ter educação de qualidade ao longo da vida – independentemente da definição (formal, não formal ou informal), as ações possibilitam contribuições importantes pois concebe a informação e a educação como um direito humano básico, alicerces para construção da paz e do desenvolvimento sustentável. As metas são; contribuir para a alfabetização, o letramento; a formação social e profissional.
Para as crianças de 6 á 12 anos oferecemos reforço escolar com aulas de matemática, português, informática, inglês e musicalização, no contra turno da escola. 
Destinada aos adultos que não se vêem mais nas bancas escolares, através do projeto Nunca é Tarde, principalmente as mulheres que não tiveram acesso ao ensino fundamental, oferecemos aulas de alfabetização e iniciação digital, adotando alternativas metodológicas diversificadas, baseadas na educação popular, favorecendo assim, novas práticas que contribuam para o envolvimento, a participação e a ampliação de conhecimentos dos alunos.
Para os jovens de 16 a 26 anos, temos o Coletivo Jovem, um programa que tem como objetivo inspirar e empoderar jovens moradores de comunidades urbanas de baixa renda, por meio da capacitação e desenvolvimento profissional, valorização da autoestima e conexão com novas oportunidades de geração de renda. O Programa realizado pelo Instituto Coca-Cola Brasil em parceria com O CONSOLADOR, formou mais de 2 mil adolescentes e jovens em cursos do Programa, aumentando a empregabilidade e o preparo desses jovens para que possam aproveitar novas oportunidades de emprego.
Em fase de implantação, o Projeto Estudioteca, a fim de contribuir para a formação educacional, profissional e cidadã das pessoas. Será um ambiente flexível que permita, com o auxílio da tecnologia, repensar o espaço e a experiência de aprendizagens para todos os públicos, um espaço de pesquisa, terá uma estratégia especial para reforçar nos professores a importância do papel de facilitadores do processo de aprendizagem e traz aos alunos a conectividade do cotidiano e ainda a possibilidade de se expressar de forma criativa na produção de conteúdos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *