Quero Apadrinhar

a) O que é o apadrinhamento?

É uma ajuda voluntária mensal onde você contribui com a alimentação, estudos, saúde e demais necessidades de seu apadrinhado. O valor da doação será direcionado a ONG O Consolador que repassará a criança em forma de serviço que garanta as necessidades imediatas e de longo prazo. Além disso, a doação contribui com a melhoria das condições de vida da família do escolhido e de toda sua comunidade.

b) Quem são essas crianças?

São aqueles que vivem em situação de maior vulnerabilidade ao contexto social junto à suas famílias.  Às famílias são consultadas sobre a participação no programa de apadrinhamento. As crianças apadrinhadas são monitoradas por um funcionário responsável, que deverá registrar todas as informações importantes sobre o desenvolvimento da criança. É através desta documentação que será criado o relatório, que ficará disponível ao padrinho e comprovará que a criança existe e está recebendo os benefícios das doações.

c) Como apadrinhar?

É muito fácil apadrinhar. Após fazer o cadastro através do site, em poucos dias você será contactado para firmar o acordo de apadrinhamento. Se houver o interesse, você também pode conhecer seu ‘afilhado’e, assim, contribuir com a promoção de afeto e encorajamento. Você também será convidado a participar de todos os eventos desenvolvidos pela ONG. Em caso de presentes materiais, eles deverão ser enviados para nossa sede: Rua Professor Virgílio Guedes,1006, Ponta Grossa, CEP: 57014-220; ou entregue no mesmo endereço para ser encaminhado à criança.

No caso dos presentes, eles devem ser entregues ou enviados através do endereço:

Rua Professor Virgílio Guedes, 1006.

Ponta Grossa – Cep: 57014-220

 

Formulário de Apadrinhamento

Seu nome *

Seu e-mail *

Telefone *:

Modalidade de padrinho *:
 Única Mensal

Modalidade de doação *:
 Boleto Domícilio Depósito

Valor*:

Newsletter

Depoimentos

Conheci o trabalho do O Consolador através dos amarelinhos que passavam de bicicleta pela rua. Aquelas crianças me chamaram a atenção e me fizeram sentir vontade de conhecer...

Maria Edneide da Silva Gomes – servidora pública – Maceió