NOME: Wilson Luiz Ferreira – Professor/Coordenador Ed. Física em Teotônio vilela/AL

NOME DO JOGO: Preso no Quadrado

MUNICÍPIO: Teotônio Vilela – Escola Municipal Aurélio Buarque de holanda

MODALIDADE: Handebol (Adaptação para finta, controle de corpo, agilidade)

 

O JOGO: O jogo inicia com a divisão dos alunos em duas equipes de números iguais de participantes; previamente o professor demarca a quadra em um retângulo (pode-se utilizar a quadra de vôlei) de  onde existam além das linhas limítrofes mais duas linhas centrais, ou seja duas linhas laterais (direita e esquerda) duas de fundo (Ataque e defesa) e mais duas centrais com uma distancia de 2 a 3 mts entre cada. cada equipe se divide deixando metade de seus componentes em cima da linha central do seu lado e os demais ficam atras da linha de fundo (defesa) formando duas “barreiras”  antes de sua linha de fundo (defesa) a outra equipe faz o mesmo no outro lado do quadrado (retângulo). o objetivo do jogo é chegar ao outro lado (linha de fundo adversária)  sem ser pego pela defesa; ao sinal do professor (apito) um oponente de cada equipe segue em direção a linha de fundo adversária tentando desvia da defesa e chegando a linha de fundo sem ser pego, se for pego (tocado) ele troca de lugar assumindo o posto do jogador de defesa, isso dificulta a saída dos adversários que terão menos opções para passar ao mesmo tempo que facilita os seus companheiro a passar, pois ele pode “abrir caminho”. vence o jogo a equipe que primeiro conseguir ficar livre do quadrado, ficando apenas componentes de uma mesma equipe dentro do quadrado, portanto “preso no quadrado”.

VARIAÇÕES:

PESSOAS: podem ser formadas equipes com 6, 8 , 10 ou mais jogadores em cada lado; pode ser experimentados pelos alunos a situação de ataque (iniciando fora do quadrado) ou defesa (iniciando dentro do quadrado)

RECURSOS: demarcar linhas (se não houver demarcação) com fita crepe, fita zebrada, cones pequenos , pratos, utilizar bolas diversas e solicitar a execução de alguns fundamentos do esporte com as mesmas durante o ataque.

ORGANIZAÇÃO DE REGRAS: pode ser definido que um ou mais alunos tentem atacar ao mesmo tempo, ou que os da defesa (dentro do quadrado) não se movam;  se movam na lateral em cima da linha, ou deem um passo a frente mantendo um dos pés na linha para “pegar”.

TEMPO: A partida pode ter um tempo previsto de duração ex. 5min, 10 min. (ja que inicialmente é necessário que todos de uma mesma equipe estejam livres “do lado de fora do quadrado” para vencer.

ESPAÇO: Diminuir ou aumentar a distância das linhas (largura, comprimento) aumentar os espaços entre os da defesa, afastando-os ou aproximando-os.

GESTOS: Os alunos de dentro do quadrado (defesa) podem em um momento estarem em pé em outro de joelhos, ou ainda, sentados, além de poder ser solicitado a execução de um  fundamento específico do handebol durante o ataque (condução, drible).

ESTRUTURAR FUNÇÕES: Os alunos pegos podem em um momento pegar também seus adversários, podem ficar imóveis, ou apenas facilitar a passagem de seus companheiros, iniciar o jogo do lado de fora ou de dentro do quadrado alternadamente, e ainda ser árbitros.

O que está em “JOGO” neste jogo:

Domínio Cognitivo: Compreender a “lógica” do Jogo, executar funções de ataque e defesa, criar uma estratégia de deslocamento entre os obstáculos (a defesa) e priorizar ou antecipar ações (Ataque)

Domínio Psicomotor: Desenvolver o domínio do corpo, destreza, agilidade, tempo de reação,

Domínio Socioafetivo: respeitar as regras, saber perder, ser honesto para aceitar quando foi pego, trabalho em equipe, liderança, autonomia