Amanda Thaís Torres de Noronha, 24 anos

Querida pela equipe que compõe O Consolador, Amanda esteve matriculada quando tinha apenas 11 anos e continuou envolvida com a Organização até encontrar seu primeiro emprego em uma barraca de tapioca na orla da Praia de Ponta Verde. “Eu corria, nadava, pedalava. Construí muitas amizades e fiz parte também do quadro de funcionários da Ong. Aprendi muito”, lembrou emocionada.

Mas a vida profissional de Amanda não terminou aí. Ela foi estagiária de um salão de beleza após participar de um curso na área oferecido gratuitamente por O Consolador. Não conformada, ela conseguiu estudar balé e encontrar uma escola para ser auxiliar de sala. Em pouco tempo, Amanda conseguiu ter sua própria turma.
Hoje, Amanda trabalha na Escola Maria de Fátima, situada no bairro de Ponta Grossa, e estuda a distância Serviço Social na Universidade Norte do Paraná.

“Se vocês têm um sonho, vão em frente. Porque vocês vão conseguir. Eu sempre quis ser assistente social. Já estou na faculdade e, em breve, ajudando a mais pessoas a escreverem sua feliz história”, disse Amanda.

 

Voltar

Newsletter

Depoimentos

Conheci o trabalho do O Consolador através dos amarelinhos que passavam de bicicleta pela rua. Aquelas crianças me chamaram a atenção e me fizeram sentir vontade de conhecer...

Maria Edneide da Silva Gomes – servidora pública – Maceió